domingo, 24 de agosto de 2014

                           
                              AVEIRO 233 ANOS A CATEGORIA DE CIDADE
233 anos  comemoração organizada pela Prefeitura Municipal de Aveiro, que tem como prefeito Olinaldo Barbosa da Silva e o vice-prefeito Luciano de Sousa do Nascimento, data que não foi comemorada com 100% de felicidade, uma vez, que a população atravessa  mais uma vez uma das briga políticas que se desenrola no município.
Dizem quem perde é a população mais pensando bem, os aveirenses não ganham nada há muitos anos, por que só  quem ganha são os assessores, agiotas, puxa sacos enquanto  a população tem que conviver com as migalhas que circulam de pagamentos dos servidores e os empréstimos consignados.
A prefeitura segundo informações do atual prefeito em entrevista concedida a rádio local disse que foi pago a banda rabo de vaca pelo governador Simão Jatene e o Senador tucuno, cada um deu 10.000.00 dez mil reais e com misso trouxe a banda rabo de vaca para ser a atração da noite.
Na disputa das duas quadrilhas tradicionais de Aveiro a Fundo de Quintal e Mistura Brasileira, a vencedora foi a FUNDO de QUINTAL. É uma pena que as comunidades não sejam convidadas e dado apoio financeiro e o mais importante convidar.
                                                  Quadrilha Fundo de Quintal 2014
                            BANDA RABO DE VACA NA FESTA DE 233 ANOS DE AVEIRO.             

                                         História.
As origens do município remontam à época da formação de uma aldeia de índios Mundurucus, denominada tapajós-tapera, localizada à margem do rio Tapajós, com índios descritos do alto deste rio e que alcançou grande processo.
Essa aldeia obteve a denominação portuguesa de Lugar de Aveiro, por ato do governador e capitão - general, José de Nápoles Tello de Menezes, em 23 de agosto de 1781, que nomeou, na mesma ocasião o morador Francisco Alves Nobre para administrá-la.
Constatou-se, nos registros oficiais, a existência antes de 1781, da freguesia de Nossa Senhora da Conceição do Aveiro, do que se concluiu, portanto, que o ato de criação desse lugar foi somente uma confirmação, pois o local já era conhecido como Aveiro. Havia, no município, mais duas freguesias a de São João Baptista de Brasília Legal e a de São José do Pinheiro. A primeira, Nossa Senhora da Conceição de Aveiro, passou do período colonial para a independência, na condição de freguesia, quando teve seus limites definidos pela lei nº 511, de 01 de dezembro de 1866.
A Lei nº 226, de 16 de outubro de 1854, criou a Vila de Brasília Legal como não correspondeu à expectativa de sede municipal, que lhe fora concedida, em 1856, a Lei nº 290, de 15 de dezembro, transferiu para Itaituba a categoria de freguesia vila que fora conferida á povoação de Brasília Legal.
A Lei nº 1.152, de 04 de abril de 1883, conferiu a Aveiro a categoria de município, o qual foi instalado, em 15 de maio de 1884. Em 1938, no quadro anexo ao Decreto nº 2.972, de 31 de março de 1938, dois distritos compunham Itaituba: Itaituba e Brasília Legal, permanecendo, dessa forma, na divisão do Estado para o qüinqüênio 1939- 1943, estabelecida pelo Decreto-Lei nº 3.131, de 31 de outubro de 1938 e pela divisão fixada pelo Decreto-Lei nº 4.505, de 30 de dezembro de 1943, para o período 1944- 1948.
Em 1961, através da Lei nº 2.460, de 29 de dezembro, o município foi restaurado, com seu território foi restaurado, com seu território compreendendo os antigos distritos de Aveiro e parte dos distritos de Boim e Belterra, no município de Santarém, com o distrito de Brasília Legal, do município de Itaituba e parte do único distrito de Juriti.
Atualmente o município está constituído dos distritos de Aveiro, Brasília Legal e Pinhal.
Significado do Nome
Pelos registros oficiais constatou-se a existência da freguesia de Nossa Senhora da Conceição do Aveiro, antes de 1781, do que se conclui, portanto, que o ato de criação desse lugar foi somente uma confirmação, pois o local já era conhecido como Aveiro.
Município com 15.767 mil habitantes em 115 comunidades.

domingo, 17 de agosto de 2014


                             DUDIMAR PAXIUBA CONSEGUE ALOCAR RECURSOS PARA AVEIRO.
Deputado Federal

Deputado Federal  Dudimar Paxiuba, em seu mandato de deputado federal tem demostrado  sua marca em quase todas as cidades do Pará, assim como na cidade de Aveiro que recentemente recebeu recursos alocados pelo deputado juntos ao governo federal.
Dudimar devido seus trabalhos na Câmara dos Deputados mais já é conhecimento do deputado  das necessidades do município de Aveiro, que precisa que os representantes políticos trabalhem pelo povo que a muitos sempre foi esquecidos pelos representantes políticos do nosso Brasil.
Dessa vez, o deputado conseguiu R$ 493.100,00 (Quatrocentos e noventa e três mil reais e cem reais) para a construção de calçadas na área urbana da cidade de Aveiro. Só que os governantes nunca se preocuparam com a estrutura física da cidade de Aveiro, essa é a preocupação do deputado dar suporte financeiro através de emendas parlamentar para contribuir com a sociedade aveirense.

O povo espera que o deputado possa vim fiscalizar esses recursos uma vez, temos exemplo dos postos de saúde que tinha previsão de começo e termino das obras, e por incrível que pareça as obras abandonadas e inacabadas, segundo o pedreiro por falta de dinheiro. 

terça-feira, 12 de agosto de 2014

1º COMÍCIO DE ERALDO PIMENTA CANDIDATO DO PMDB  A DEPUTADO ESTADUAL.

ERALDO PIMENTA
POPULAÇÃO CHEGANDO PARA COMÍCIO.
VEREADOR GILMAR LIRA E CANDIDATO ERALDO PIMENTA
A Cidade de Aveiro-PÁ, recebeu no último sábado 09 de Agosto, o candidato a Deputado Estadual pelo PMDB que tem como candidato ao Governo do Estado  Helder Barbalho e o prefeito de Rurópolis senhor Pablo que vem dando total apoio ao candidato Eraldo Pimenta do PMDB.
A nossa reportagem esteve no local e fez algumas imagens que para Eraldo Pimenta foi gratificante a presença do público, em virtude do eleitor aveirense está desacreditado dos políticos que a muitos anos atuam na área e aqui vem só enganar o povo. 
Em conversa com a nossa reportagem,  ele falou que se sentiu feliz com a quantidade de público, sinal de que a sua aceitação é muito importante para alavancar a somatória de outras cidade a consagrar sua vaga a Assembleia Legislativa do Estado do Pará.
A nossa reportagem  também   conversou  com eleitores da cidade e do interior  demonstraram que as propostas de  Eraldo Pimenta   tem proposito de convencimento e condiz com a realidade do município de Aveiro.
A população que vive a turbulência da fala de representatividade politica, o compromisso com as questões sócio econômicas, deputado que mostre a realidade de um povo sem água potável, falta de energia elétrica, sem estrutura física e desassistida pelo governo do estado.

              ERALDO PIMENTA E SEUS AMIGOS RUMO ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA.
POPULAÇÃO COMPARECEU NO COMÍCIO DE ERALDO PIMENTA
VEREADOR ULISSES APOIANDO ERALDO PIMENTA.
GRUPO GAÚCHÃO APOIANDO ERALDO PIMENTA

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

OLINALDO BARBOSA RESISTI EM ENTREGAR A PREFEITURA.

                             
                             



                                 OLINALDO BARBOSA RESISTI EM ENTREGAR A PREFEITURA.


                    REFEITO AFASTADO RESISTI E NÃO ENTREGA AS CHAVES DA PMA.
 Informações do Presidente da Câmara Municipal  senhor RONILSON o (Preto do sátiro) dão conta que o prefeito afastado Olinaldo Barbosa não quer entregar a chave da Prefeitura Municipal, uma vez, que o mesmo foi afastado pela  maioria dos vereadores. Os advogados foram notifica-los através de documentação do afastamento pelo prazo de 180 dias e o mesmo não admite que estar afastado pela câmara.
Quando os advogados e os vereadores chegaram à prefeitura,  o prefeito  afastado  não quis dá ciência  nos documentos apresentado a ele  pela notificação para que o mesmo deixasse o gabinete e entregasse as chaves da prefeitura para o prefeito empossado pela câmara  Luciano de Sousa  do Nascimento.
Como houve resistência a recusa do senhor Fuzica   os advogados da Câmara Municipal se dirigiram a delegacia de Polícia Civil aonde realizaram os procedimentos cabíveis e por desobediência a Lei Orgânica do Município de Aveiro. Em seguida os advogados se dirigiram até a cidade de Itaituba-Pará para levar ao conhecimento do Juiz que  responde pelo Termo Judiciário de Aveiro, todos os documentos e a decisão da maioria dos vereadores  para que ele faça o prefeito afastado  cumprir a lei.
Segundo nos informaram ontem por ocasião da sessão que acontecia no plenário da câmara os recursos que tinha na conta estava  sendo sacado pelo tesoureiro, não se sabe se são os valores do FUNDEB, com isso os vereadores acham que o pagamento dos profissionais da educação poderá ser comprometidos, mais ele acha que o prefeito afastado  tenha bom senso e deixe os valores depositado pelo governo federal para os pagamentos dos profissionais da educação e auxiliares .

O prefeito foi visto pela reportagem sentado em baixo das mangueiras e depois no gabinete com seus fieis escudeiros, resistindo a entregar a chaves da Prefeitura e também o gabinete l que pela câmara não lhe pertence mais até os 180 dias e a decisão das instâncias a  serem percorridas pelo acusado Olinaldo Barbosa da Silva.

AVEIRO TEM NOVO PREFEITO

                       

                                   

                                                      AVEIRO TEM NOVO PREFEITO EM 2014

Novo prefeito sendo empossado pela câmara de vereadores.
Prefeito Luciano e a 1ª Dama Francisca Nascimento
As 19:00 hs do dia 05 de Agosto de 2014, no Plenário da Câmara M. de Aveiro ,foi realizada a sessão Solene de Posse do vice -prefeito como novo prefeito do Município de Aveiro .A sessão foi  presidida presidente da Câmara M. de Aveiro Sr. Raimundo Ronilson e os vereadores 1º secretário Gilmar Lira e Ulisses Franco orientados pelos jurídicos Dr.Eder Mota e Dr. Eliezer  Sobrinho ,onde o presidente  chamou perante a mesa o povo que se faziam presente na sessão solene e  o senhor Luciano de Sousa Nascimento para que fizesse o juramento se com prometendo  administrar os recursos públicos  com transparência e honestidade respeitando a Lei Orgânica  do município e a Constituição Federal.
O Prefeito empossado Luciano  Sousa do  Nascimento, nasceu em 08/06/1954 Região do Rio Cuparí, mais precisamente na Comunidade de Sagrada Família, casado com a senhora Francisca Nascimento , da relação dos dois nasceu 08 filhos todos homens e atual mente apenas 7 filhos.
Em 2005 Luciano de Sousa  Nascimento, concorreu uma cadeira de vereador e foi eleito e passou os quatro anos como legislador do município de Aveiro. Em 2008 deixou de concorrer a reeleição e de última hora com a impugnação do ex-prefeito Cabano, Luciano foi indicado pelo partido para concorrer a vaga de prefeito pelo PMDB, o qual veio  a perder  para a ex-prefeita Maria Gorete Dantas Xavier.
Nas eleições de 2012, Luciano de Sousa Nascimento, recebeu um convite do Fuzica para ser vice-prefeito na coligação PMDB E PSC, DEM,PT,PRN concorreu a vaga de vice-prefeito do município de Aveiro, qual foi a chapa vencedora com mais de 4 mil votos .
Na imaginação que a dupla  pudesse fazer um bom governo, veio as decepções daquele que se dizia ser amigo hoje o  ex-prefeito Fuzica, que segundo sua reclamações ao se ausentar do município ele não passava a portaria de prefeito em exercício e o prefeito ficava sem recursos para poder trabalhar.
Ao longo de um ano e meio Fuzica,  as denuncias de improbidade administrativa, acusado de desvio do Programa do Governo Federal FUS, super faturamento da comporá de merenda escolar pelo Conselho da Merenda Escolar, falta do pagamento dos consignados, processos licitatórios fraudulentos  e  também a transferência do dinheiro da Prefeitura Municipal para as contas do tesoureiro da PMA para que depois de dias pudesse fazer a transferência para  as contas da Câmara Municipal, segundo o presidente da casa feri os direitos da Lei Orgânica.
Esses motivos  levou a Câmara de Vereadores afastar o prefeito Fuzica do poder e com a vagância deu o direito do vice-prefeito assumir a prefeitura, umas vez, que por lei que um assume a poder executivo é o vice-prefeito do município. O povo esperar que as coisas possam andar de acordo com as possibilidades do município.



terça-feira, 5 de agosto de 2014

            


                          06 VOTOS AFASTA  FUZICA  DA  PREFEITURA MUNICIPAL DE AVEIRO.

                                                FUZICA REZA PARA VOLTAR EM 180 DIAS

O prefeito Olinaldo Barbosa da Silva, nesta manhã do dia 05/08/2014, foi afastado do poder executivo do município de Aveiro, por constar varias acusações de improbidade administrativa, venda de madeira, transparência em licitações, desvio do dinheiro do FUS, a falta de prestação de contas do FUNDEB e a falta de pagamento dos consignados e outras acusações.
Olinaldo Barbosa foi afastado por 06 votos a 03, na lógica os vereadores a favor do afastamento do gestor foram: Gilmar Lira, Antonio Paulo, Ulisses José, Ulisses Franco e Vânia Felix e Preto do Satiro .
Dos vereadores que defendem o gestor municipal afastado, foram: Irany Bechara, Paulo Henrique, Rubemir Pereira, esses vereadores foram sempre defensores do prefeito Olinaldo Barbosa pelo fato de apostar na inocência do prefeito ,agora afastado.
Pode até parecer que o meu blog está perseguindo a atual gestão, não, muito pelo contrario  é porque fazemos imprensa com responsabilidade a qual cobramos a transparência dos dois poderes Legislativos e o Executivo, mas, diante dos fatos  não podemos compactuar com os absurdos que o executivo vem  cometendo diante dos olhos do povo.
Poderíamos enumerar as denuncias contra  a atual gestão do prefeito Olinaldo Barbosa da Silva, que teve o apoio de quatro vereadores e hoje somente três que ainda defendem a gestão ao invés de defender o direitos soberanos da população que votou  nos atuais edis.
As denuncias que podemos citar vendas de madeiras, falta de transparência das licitações públicas, superfaturamentos de produtos da merenda escolar, desvio de recursos do  FUS , falta de pagamento  dos consignados que hoje faz 07 meses da Caixa Econômica, falta de prestação de contas dos recursos federais e a falta de confiança  no vice-prefeito que quando o mesmo se ausenta do município não lhe passa a portaria de prefeito em exercício.
Todas as denuncia, foram protocoladas no Ministério Público Estadual e Federal, dos quais a população exige respostas para essas DENUNCIAS, e que não aconteça como em outras que cairão no descaso e nada acontece.

Vejam abaixo as cópias das denuncias.