segunda-feira, 4 de junho de 2012

VEREADOR DA ENTRADA NO PEDIDO DE CASSAÇÃO DO PREFEITO RANILSON DO PRADO


                                   Ver. Gerdau        Prefeito Ranilson do Prado
 
Aqui o boi  está voando,será que é Aveiro-Pará
 Por: Lúcio Costa.
Atendendo a solicitação de uma funcionária pública e os demais funcionário, que pediu a nossa reportagem que não divulgasse seu nome por medida de segurança, a qual respeitou.
A funcionária pública solicitou através do vereador João Gerdau, que adentrasse com a documentação acompanhado de provas testemunhais dos colegas funcionários, junto à secretaria da Câmara Municipal de Aveiro, o pedido de cassação do prefeito Ranilson Araújo do Prado.
As alegações da funcionária pública é deque, dês do ano passado, boa parte dos funcionários da PMA vêm recebendo cartas do SERASA, dizendo que os nomes dos mesmos estão em debito com o Banco. De todas as formas tentaram esperar para ver se o gestor municipal solucionasse o problema. O que não aconteceu.
A funcionária alega, que os meses que foram dados ao gestor  municipal  para ele se redimir desse erro o mesmo ignorou o silêncio do funcionário. Mas parece a confiança de Ranilson era grande que os funcionários eram colocados em segundo plano e que todos deveriam ficar com o nome sujo na praça.
Mas segundo os funcionários que lhe apóiam estão dispostos a lutarem juntos, pois, essa é a hora de reagiriam solicitando as providencias cabíveis da justiça para esse crime de improbidade administrativa se resolva o mais breve possível.
A revolta dos funcionários é a perda de suas credibilidades junto ao comercio e aos empréstimos bancários. Das formas encontradas para resolver o problema foi através da funcionária pública que formulou a denuncia junto ao vereador, pelo crime de apropriação indébita de valores.
Informações prestadas à reportagem é que consta em documentos, que os descontos em contra chegues,são realizados regularmente todos os meses, mais que infelizmente o órgão responsável que é a prefeitura, não repassa para Caixa Econômica a qual está colocando o nome de todos os funcionários com empréstimos consignados em atraso estão no SERASA.
Agora se espera providência da presidência da casa, juntamente com os vereadores, que segundo a funcionária eram conhecedores do fato e a omissão se protelava diante desse descaso com os nomes dos funcionários públicos municipais.
Tem funcionários que guardam até sete cartas do SERASA sendo que o gestor municipal pelo gráfico da caixa deve dois meses já vencendo o terceiro mês dia 10 de junho. Por esse motivo é esperado nesta terça-feira que seja lido em plenário o pedido de cassação do atual prefeito de Aveiro.
Do redator: Parece que a culpa não deveria ser  somente do gestor municipal, uma vez, que os senhores vereadores tinham conhecimento do fato,  as razões da omissão,esse repórter  desconhece.
Acredito que ele pode ser atribuído a culpa ao prefeito, mais as responsabilidades também cabem aos vereadores da situação, assim como os advogados que tem conhecimento das Leis.   Às vezes quando se escolhe maus assessores complica a situação do município de Aveiro.
Veja o destino João Jerdal era suplente de Ranilson que assumiu a vaga de vereador apos Ranilson concorrer a prefeito na eleição suplementar de 2008. 
Pelo amor de Deus em Aveiro nunca vi boi voar o que é isso? Irei colocar algumas paginas incompleta do processo, que pede a cassação do prefeito de Aveiro.
Lembrando que essa é  uma pagina do processo que o vereador adentrou na secretaria da Câmara na terça-feira passada.