domingo, 22 de abril de 2012

CHEIAS DO RIO TAPAJÓS DEIXA MORADORES PREOCULPADOS EM. AVEIRO.


CENTRO DA CIDADE DE AVEIRO.
CRIANÇAS E ADULTOS SÃO OBRIGADOS A ATRAVESSAR NA ÁGUA CONTAMINADA.

ENCHENTE AMEAÇA BARRANCOS.

Todos os anos a população que residem na área considerada baixa da cidade de Aveiro, sofre com as subidas das águas do rio tapajós. Porém, os gestores passados nada fizeram para amenizar o sofrimento das famílias que vivem nessas áreas consideradas áreas alagadas.
Sem contar com as comunidades que já estão com suas casas praticamente no fundo, comunidades de Campo Alegre, parte de Vista Alegre, Tumbira e outras comunidades que já estão sendo ameaçadas por uma das maiores enchente do Rio Tapajós nos últimos tempos.
No município de Aveiro, chove todos os dias, dando temporais fortes, com raios e trovões, causando medo naquelas famílias que vivem as margens do rio e na beira de barrancos. Embora ultimamente, tenha dado uma pausa nos temporais fortes, mais as chuvas continuam.
A Coordenadoria Municipal da Defesa Civil através do seu Coordenador Clemison Lopes falou que o município já se encontra em estado de alerta as providências possíveis e cabíveis junto aos governos Estadual e Federal já estão sendo tomadas.
Ainda em conversa com a reportagem, o coordenador falou que ele tem que comunicar a Defesa Civil do Estado para que venha os técnicos para verificar a situação desses considerados moradores que vivem em áreas de risco.
A reportagem conversou com alguns dos moradores que não quiseram gravar entrevistas. E que a Defesa Civil vem, verifica a situação. Mais a ajuda de água potável, alimentação, redes, mosquiteiros, lençóis só chegam quando as águas baixam, e não existe mais aquela necessidade de quando se precisava.