quarta-feira, 25 de maio de 2011

MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL DAR PARECER FAVORAVEL A LUCIANO.

LUCIANO NAS MÃOS DO JUIZ ELEITORAL


Reconhecer os esforços de um cidadão que sempre defendeu a sua tese de nunca ter dupla filiação e também por nunca ter desistido dos seus objetivos que foi provar a sua inocência. Luciano  Souza do Nascimento, vem lutando contra a prepotência daqueles que nunca conseguiam ver a derrota de uma sinceridade pura e honesta. 
Hoje, acompanhando o processo através do TRE/Pará, obtivemos o resultado da luta de homem que nunca desistiu de buscar os seus direitos. Ministério Público Eleitoral, após analisar chega a seguinte conclusão:

Enviado para AJM. Concluso a(o) Juiz(a) Relator(a) CPRO 25/05/2011 10:46 Registrar parecer do MPE (...) Ante o exposto, o Ministério Público Eleitoral manifesta-se pelo conhecimento do Recurso, já que presentes os requisitos de admissibilidade, e, no mérito, pelo seu improvimento, já que carece de fundamento legal, mantendo-se, em todos os seus termos, a setença do juízo de 1° grau que extinguiu o feito sem resolução domérito, com fulcro no art. 267, I , CPC.
Gostaria do Juiz Eleitoral, pudesse ver a situação que passa esse processo eleitoral, parar analizar as situações os fatos que quase todos os os amigos jornalista e blogueiros estão noticiando no dia a dia. Os escândalos envolvendo o nome da cidade de Aveiro. Já não é sem tempo, que a justiça, faça justiça em favor de um cidadão de bem, que lutou honestamente buscando ganhar uma eleição livre, sem compra de votos. Tirado pela janela por um grupo de pessoas que não merecem nem o perdão de Deus. Seria maravilhoso, jogar um balde de água gelada nessa política imunda que hoje estão desenvolvendo em Aveiro.  Agora, faça valer a justiça também de Deus.