quinta-feira, 11 de setembro de 2014

            

             A NOVELA CAPITULO II
             
           JUIZ CONCEDE LIMINAR E  FUZICA VOLTAR A PREFEITURA DE AVEIRO.
PREFEITO DE AVEIRO OLINALDO BARBOSA.
Hoje, a população oprimida e sofredora volta a ter mais uma vez o pesadelo  da volta do entra e sai de prefeito e vice , pois, a volta de   Olinaldo Barbosa, foi concedida pelo  o Juiz de direito da 1ª vara da Comarca de Itaituba e responde pela 2ª vara de Jacareacanga Cleytoney Passos Ferreira, concedeu liminar para que o prefeito Olinaldo Barbosa da Silva, quando o mesmo foi afastado pela maioria de votos pela Câmara Municipal, quando foram colocados três denuncias por suposta pratica  de infração politica-administrativa.
ANEXO  para que o leitor possa ler e entender melhor.



PESADELO.
A população confiou em Fuzica, para ser o Prefeito da Cidade de Aveiro, hoje se existisse um juiz e um promotor que respondesse pelo município de Aveiro, todos irão concordar comigo ,pois, as inúmeras denuncias comprovadas e apresentadas as nossas autoridades competentes para analisar e verificar as denuncias de perto para que a justiça seja feita.
Este ano de 2014 por duas vezes o prefeito Olinaldo Barbosa da Silva, já foi afastado por duas vezes e por duas vezes retornou ao cargo por mérito de uma liminar concedida por juiz diferente e por suas razões e encontrando brecha na lei concedeu a liminar para a volta do Fuzica.
As irregularidades são muitas e as dividas continuam aumentando, exemplos, é os funcionários contratados que estão há três meses sem receber , a empresa que fornece internet para a prefeitura de Aveiro, segundo o vice-prefeito em exercício Luciano Nascimento a dívida da prefeitura com a empresa ultrapassa os R$ 214.000,00 (Duzentos e quatorze mil reais), e  as casas que foram alugadas pelo prefeito que servem de secretárias estão há vários meses sem receber e outros encargos sociais que ele deixou de pagar.
As irregularidades estão em papeis como a venda de madeiras doadas pelo IBAMA, desvio do dinheiro do FUS, por funcionário de confiança do gestor, superfaturamento na compra da merenda escolar que foi denunciada para Ministério Público Federal e até hoje nada de resposta.
Gente, a população de Aveiro, hoje, ainda vivem sem possuir em suas casas água potável , não tem hospital que possa atender pacientes nem de média ,imaginem de alta complexidade, não temos estrutura física de uma cidade com passarela para que os pedestres andem pelo calçamento e remédios para hipertensos e diabéticos  e outros medicamentos necessários para a saúde humana.
Agora, porquê ,que tudo isso acontece? por que não existe bons legisladores que levam a Lêi  Orgânica do município ao pé da letra ,e, ou por falta de uma boa acessória Jurídica que façam os tramites legais ? Aonde está o erro que o juiz encontra em todos os processos que os assessores jurídicos preparam para que seja dado entrada no fórum .
É uma pena, o povo  não ganha nada e,  com essas brigas e com a falta de respeito com dinheiro público ai a coisa fica pior ainda.    Deus tenha piedade do povo de Aveiro.