terça-feira, 14 de maio de 2013



                                  PLENÁRIO DA CAMARA DE AVEIRO
VEREADORES EM SESSÃO

SESSÃO DA CÂMARA DE AVEIRO AGITADA NA ÚLTIMA TERÇA-FEIRA.
A expectativa para Sessão ordinária da manhã desta  terça-feira, era o pedido de afastamento do atual presidente Raimundo Ronilson (Preto do Satiro), mais o que se viu foi muito apoio ao presidente  da casa, que se sentiu protegido pelos seus colegas edis, e dessa forma ficou sentado no lugar de presidente conduzindo os trabalhos legislativo.
 Compareceram na sessão os vereadores Ulisses Franco, Francildo Pacheco, Vânia Félix, Antônio Paulo, Gilmar Sousa Lira, Irany Bechara, Rubemir Pereira dos Santos, Paulo Henrique. Todos se pronunciaram unicamente em suas defesas, outros agradecendo pelos dias das mães, já o vereador Rubemir também saiu em defesa do prefeito Olinaldo Barbosa, por ter dado a sua parceria da PMA, para que a estrada da transforlândia, tivesse trafegável  e como sempre não perde a pose lembram sempre dos 20 anos de vereador. Pena, que o vereador esquece que tudo o que acontece neste município, ele e seus colegas vereadores nunca fizeram nada para impedir os desmandos dentro do município de Aveiro.
A expectativa era quanto o pedido de afastamento do atual presidente da casa preto do sátiro, que aparantemente não demostro fragilidade com o assunto da entrada dos documentos na casa, uma vez que, ele presidente não teme o afastamento porque talvez ele saiba que neste município ninguém cassa ninguém, muitas coisas erradas são cometidas quase todos os dias.
Em pronunciamento o vereador e vice-presidente da casa Francildo Pacheco, falou da atitude do colega Raimundo Ronilson, que ao sair do município de Aveiro, para outras cidades não passa o cargo de presidente para Cildo. Segundo as alegações do vereador é que ele tem residência fixa, telefone e o presidente sabe a onde fica a sua casa e ninguém telefonam e também não recebeu notificação o vereador para que ele assumisse em sua ausência.
Segundo palavras do vereador Cildo, ele não estar armando para sentar na cadeira de presidente, o que ele quer, é que Raimundo Ronilson, cumpra a Lei Orgânica e o Regimento Interno da Casa, e não fazer o que ele esta fazendo. Pois, no momento que ele registrava a falta de respeito da presidência da casa, ele recebia ligação do vereador, ligação está que foi ouvida pela vereadora e o advogado de Cildo.
Após todos os vereadores se pronunciarem e agradecer o gestor municipal, pediu o direito de se pronunciar na mesa o presidente Raimundo Ronilson, que se dirigiu ao vereador Cildo, que não esperava a atitude precipitada e que ele vai fazer questão que sejam apurados os erros que o apontam.
Preto do Satiro, disse que toda as vezes que saiu passou portaria para o vice-presidente, e que se algumas vezes não passou porque não encontrou, haja vista o vereador residir na cidade de Itaituba, pois, sabe que tem terras e trabalha dentro do município, mais nem sempre estar no município. Que de hoje em diante acabou amizade entre eles, e que Cildo, se diz ser santinho, mais convidou o mesmo para ajudar cassar o prefeito fuzica, porque ele sabe que quem estar por traz dessa cassação é RANILSON, FERNANDO SOARES, e CABANO, que chegou em Brasília Legal dizendo que CILDO seria o presidente e posterior prefeito, pois, fuzica perderá o mandato.
Com muita raiva, o vereador e presidente da casa disse que está tranquilo, que não tem medo, que tem provas e que essa fuxicaria não lhe mete medo, porque ele como presidente não tem medo de ninguém e pode vir quem vier ele tá preparado. Raimundo Ronilson encerrou a sessão por volta de meio dia e quinze, quando deu-se por encerrado os trabalhos desta terça-feira dia 14 de maio de 2013.