quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

SUPOSTA EMPRESA DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL APLICA GOLPE EM AVEIRO.

Ainda no mês novembro do ano passado surgiu em Aveiro, um cidadão conhecido por Bruno de Tal, anunciando que a Empresa Aprendiz Profissional com sede em Goiânia- Goiás, estava oferecendo  vários cursos e mais  180 vagas com pagamento de vinte reais.
Na proposta de inscrição, a empresa oferecia um computador por aluno e certificado na conclusão do curso, com duração de quatro meses. Muitos pais de famílias deixaram de pagar alguma  conta pendente ou até de comprar seu alimento para investir na inscrição e no material didático oferecido pelo suposto curso.
Clientes lesados dizem que só acontece em Aveiro, sem que as autoridades procurem saber a origem dessas pessoas que vem para enganar o povo aveirense. 
A reportagem da Rádio Rural conversou com a diretora da Escola Eduardo Angelim a senhora Jaqueline, que nos informou que o coordenador do curso Sr. Bruno, telefonou para ela pedindo o numero da conta bancária da referia diretora, para que ele possa devolver os valores correspondentes às  inscrições. A diretora falou que antes ela tinha despachado o mesmo, quando chegou a solicita a área da escola para realizar o curso, e a resposta, foi que não, porque a escola não disponibilizava de local livre.
Segundo Jaqueline os motivos que Bruno explicou sobre a devolução dos valores é porque a empresa achou a demanda muito pequena, e por esse motivo estaria devolvendo o dinheiro das pessoas mediante os recibos. Jaqueline informou que as pessoas devem fazer procuração de alguma informação sobre os valores na próxima semana.
Uma das clientes lesadas disse que não aceita a devolução somente dos vinte reais da inscrição, ela quer todos os valores gastos com os materiais didáticos.