sábado, 3 de dezembro de 2011

A JUÍZA DRA. VANESSA RAMOS COUTO MOSTRA A SUA COMPENTÊNCIA DE MAGISTRADA E DAR A SENTENÇA EM FAVOR DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DE AVEIRO.



JUÍZA DRA.VANESSA RAMOS COUTO-RESPONDE PELO TERMO JUDICIÁRIO DE AVEIRO.
 No dia 30 de Novembro de 2011, a meritíssima Juíza Dra. Vanessa Ramos Couto, que após analisar  o processo do Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Aveiro, contra a Prefeitura Municipal, pôde dar a canetada final que foi  a SENTENÇA em favor dos sofridos ex-funcionários públicos municipais, que um dia sonhavam chegar esse dia através de   uma Juíza na qualidade da Dra.Vanessa para tornar esse sonho em realidade.Isso se resume em:  Competência e Justiça.
Agora resta saber se o prefeito atual vai respeitar a decisão da Justiça, pois, o advogado Sr. Dudimar Paxiuba, exigirá o cumprimento da Lei. Se não me falha a memória a Juíza Dra. Valdeise Basto, quando também sentenciou a mesma ação na época da ex-prefeita Maria Gorete e seus advogados recorreram ao Desembargador que suspendeu sentença da referida juíza,para não pagar os funcionários que estão a quase sete anos aguardando esse pagamento, que por sinal é  do tempo da administração do ex-prefeito Adalberto Viana.
Existe uma pergunta que vários ex-funcionários contratados que na mesma época também adentraram com o processo na justiça através da advogada Dra. Idenilza Siqueira Rufino e Dr. Benones, que também possui a uma lista com mais de 200 ex-funcionários. Todos querem saber se também a Juíza deu a mesma sentença em favor dessa Ação?  
Outra pergunta: Saber quando o prefeito vai pagar os valores a esses funcionários e também, se ele não vai fazer dessa sentença uma desculpa para tentar explicar os desmandos políticos existentes na atua administração? Resta saber:Será que novamente a administração vai gastar dinheiro público para recorrer e não pagar mais uma vez, usando os mesmos argumentos da ex-prefeita e não pagar os funcionários e passarem mais sete anos esperando outra sentencia de outro juiz ou juíza ? Veja abaixo o processo na integra.