quarta-feira, 18 de maio de 2011

BALSA LEVA A PIQUE PEQUENA EMBARCAÇÃO AS PROXIMIDADES DA CIDADE DE AVEIRO.

 TODOS OS ACONTECIMENTOS DESTA NATUREZA SE TORNAM GRANDES EXEMPLOS  DE VIDA.



 
 



Na manhã do dia 18 de maio de 2011, por voltas da 08h30min da manhã, um acidente  aconteceu às proximidades da ilha do Papagaio, quase enfrente a cidade de Aveiro/Pará. Segundo informações do Comandante da Embarcação senhor, Manoel Lucimir Sarmento de Araújo, residente na Alameda 11 nº 120 no bairro Jardim Santarém. Disse a reportagem do JSBA e Agência Amazónia, que o Empurrador, vinha descendo o rio, com duas balsas em direção a Santarém/Pará, foi quando as proximidades da ilha de nome papagaio, ele avistou o pequeno barco e nesse momento estava chovendo. O barco vinha com a lona da lateral arriada. Vendo que o barco não mudava de direção, o comandante resolveu dar ré no empurrador, para não causar um acidente, porém devido a distancia, a velocidade e o peso das balsas não foi possível evitar o choque.   Após o acidente o comandante foi socorrer as pessoas,  já que o empurrador, ele sempre leva  do lado uma lancha motor, para outras eventualidades emergenciais. “Quando ele avistou as quatro pessoas que estavam à deriva, perguntou quantas pessoas estavam dentro da embarcação e um senhor e, que me parecia ser o proprietário do barco disse-me”  Somos quatro pessoas” As quatro pessoas viajam na embarcação que foi a pique e,  estavam indo em direção de Aveiro. Dai, que eu resolvi  embarcar as vitimas e conduzir até o hospital. Manoel, falou que é a primeira vez que ele passa por uma situação igual a essas, pois, disse já ter tido noticia de outros  acidentes, mias nunca ele esperaria que fosse acontecer com ele.  Para a felicidade de todos, ninguém morreu afogado e a penas o proprietário do B/M Nogueira Junior, Luiz Cosme de Oliveira, que sofreu escoriações  mais forte e,  que após aparecer os primeiros socorros o mesmo foi encaminhado para o Hospital da Cidade de Itaituba, para ter melhor acompanhamento com médicos especialistas. A adolescente foi internada apenas para ser observada pela medica local e depois foi liberada. Após, prestar socorro as vitimas o comandante foi até DPOL, para prestar depoimento ao Escrivão José Ribamar Santos, que após ser ouvido foi liberado para viajar com destino a Santarém e posterior a capital amazonense. Lembrando que foi feito um TCO, contra o Comandante da balsa.